NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS: Mutirão Nacional envolve 160 instituições! Veja como participar

Os consumidores podem revisar pendências e reagendar pagamentos até 30 de novembro. Banco Central, Febraban e Procon participam de atividades conjuntas que também visam à conscientização sobre o superendividamento.

Os consumidores que desejam renegociar questões financeiras pendentes podem usar o Grupo de Trabalho de Negociação da Dívida Nacional e Aconselhamento Financeiro. A campanha online começou nesta terça-feira (1º) e vai até 30 de novembro.

O Banco Central do Brasil, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Ministério Nacional da Defesa do Consumidor e o Procon colaboram em uma colaboração que une mais de 160 instituições. A campanha também conscientizou os consumidores sobre o endividamento excessivo.

Quem pode participar?

De acordo com a Febraban, chega a mais de 22 milhões o volume total de contratos em atraso repactuados no período da pandemia de Covid-19, entre 2020 e 2022, que superam R$ 1,1 trilhão de saldo negociado.

No último grupo de trabalho sobre negociação e orientação financeira, que decorreu em março deste ano, foram renegociados 1,7 milhões de contratos, “trazendo ajuda financeira imediata às empresas e consumidores endividados”, segundo a federação dos bancos.

Podem participar do mutirão:

  • Pessoas físicas com dívidas que não possuem bens dados em garantia
  • Pessoas físicas que estejam com dívidas em atraso e que tenham sido contraídas por meio bancos ou financeiras

Como participar?

Para participar da campanha, o interessado deve acessar a página do grupo de trabalho na Internet.

A partir daí, os consumidores encontram orientações sobre como administrar suas finanças e negociar dívidas vencidas, além dos canais bancários diretos e da plataforma intermediária Consumidor.Gov.Br.

O banco tem 10 dias para analisar o pedido e fazer uma oferta.

Quais bancos participam do grupo de trabalho?

  • Banco Do Brasil
  • Banco Carrefour
  • Banco Inter
  • Banpará
  • Bradesco
  • Caixa
  • Cetelem
  • Daycoval
  • Digimais
  • Inbursa
  • Itaú
  • Paraná Banco
  • Senff

Tags:

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *